NewsLetter:
 
Pesquisa:

Resenha: Falsa Coral
Por Marcio Baraldi
30/03/2011

Beto Martins e Rosemário Honório Souza são dois quadrinhistas e arte-educadores mineiros. Beto é quadrinista formado em Direito pela Universidade Federal de Uberlândia e Rosemário é artista gráfico, desenhista e ex-co-editor da revista Camiño di Rato.

Os dois realizam há três anos um projeto muito bacana para a molecada da cidade de Araguari. Trata-se do Projeto Almanaque de Quadrinhos: um curso de Quadrinhos realizado com incentivo da FAEC (Fundação Araguarina de Educação e Cultura), pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura, pelo qual já passaram mais de 150 alunos. E como apenas teoria não basta, os dois artistas produziram no final do curso  a revista Falsa Coral, com 72 páginas recheadas dos quadrinhos produzidos pelos alunos durante o ano de 2010.

Segundo o editor Beto: "É muito gratificante ter os frutos de um trabalho cultural em mãos, ainda mais produzido por um coletivo de artistas iniciantes e com toda uma vida de experiências pela frente! Esperamos que as Histórias em Quadrinhos possam ter trazido alguma (mesmo que mínima) experiência positiva para nossos alunos! Na oficina, oferecemos a cada um, atenção individualizada, num método de aprendizado que busca fortalecer os pontos positivos deles, corrigir eventuais falhas e dar liberdade para o surgimento de novas idéias. Nesse ambiente descontraído, muitas amizades surgiram e hoje um público cativo acompanha o projeto. Não existe na região, principalmente na nossa cidade, o hábito dos empresários em patrocinar atividades desse cunho. Que a Faec permaneça com essa consciência da importância do incentivo, que é uma porta aberta a população que queira não só participar, como também propor novos projetos.”.

Para dar um sustentáculo maior para revista os editores contaram com HQs de alguns artistas profissionais reconhecidos como Watson Portela, Edgar Guimarães, Luciano Irthum, Marcelo Branco e Marcio Baraldi (ops, conheço esse cara!). Mas a maior atração da revista são mesmo as crianças, que dentro da ingenuidade e pureza típicas dessa fase da vida, fazem a maior festa no gibi! São 35 crianças e adolescentes, com idade entre 10 e 17 anos, que deitam e rolam, produzindo quadrinhos de todos os tipos: do humor escrachado ao terror. O resultado final é muito positivo e deixa claro que entre os alunos há muita moçadinha talentosa que podem (e devem) virar profissionais com o tempo. Há, sem duvida, ao longo do gibi, quadrinhos criativos e piadas hilárias. Mesmo que nem todos se transformem em profissionais, o curso e a revista já serviram para desenvolver e extravasar a criatividade da molecada e comprovar mais uma vez o poder dos quadrinhos como instrumento didático e sociabilizante.Mais do que um divertido gibi, Falsa Coral é um exemplo de pedagogia a ser seguido pelo Brasil todo. Parabéns ao Beto, Rosemário e seus pequenos alunos talentosos!

Para obter a revista, entre em contato pelo email: mrdeditora@ig.com.br e para conhecer melhor o projeto acesse aqui.

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web