NewsLetter:
 
Pesquisa:

Resenha: Quadrinhópole #5
Por Humberto Yashima
16/11/2007

O Lobo da Estrada em apuros


É sempre bom falar de uma revista independente que consegue completar um ano ininterrupto de publicação (mesmo que ela seja trimestral, como é o caso): parabéns para a Quadrinhópole! A Quadrinhópole #5, editada por Leonardo Melo e André Caliman em Curitiba (PR), comemorou o seu aniversário trazendo 120 páginas de Quadrinhos e uma ótima entrevista (feita por Matheus Moura) com o cartunista Bira Dantas, além de alguns “extras” da história O Lobo da Estrada.

O destaque da revista fica para a primeira HQ, O Lobo da Estrada, escrita e ilustrada por Fulvio Pacheco: são 84 páginas de Quadrinhos mais 2 páginas sobre os personagens e outras 2 páginas ensinando como desenhar O Lobo da Estrada e Maria Bueno. Repleta de referências a personagens históricos, lendas urbanas e do folclore paranaense, a história mostra o caminhoneiro chamado Lobo da Estrada (que não tem esse nome à toa) chegando à Curitiba para fazer uma entrega – justamente na sexta-feira santa - e encontrando pelo caminho os mais bizarros personagens, incluindo vampiros, fantasmas e até um pirata. A arte de Pacheco é bastante influenciada pelo estilo mangá e o artista utilizou tons de cinza para dar destaque aos flashbacks da HQ; a história é interessante e prende a atenção até o final, tendo como maior problema alguns pequenos erros de português.

Em seguida vem OFF, história escrita por Daniel Esteves e desenhada por Bira Dantas que homenageia de forma curiosa os westerns (ou faroestes, ou bang-bangs...) e traz os clichês do gênero, incluindo jogo de cartas, briga no saloon e até um duelo; excelente arte de Bira. A terceira HQ da revista é Uma história sobre a Vida, de Leonardo Melo (roteiro) e Henrique Assale (arte), que mostra o dia-a-dia de uma dupla de coveiros em seu árduo trabalho, realizado “faça chuva ou faça sol”; história feita sem o uso de nenhum balão de texto, o que pode dificultar o entendimento da mesma por alguns leitores. Depois é a vez de Oto & Ana, HQ escrita por Leonardo Melo e Abs Moraes e ilustrada por Anderson Xavier que mostra os dois lados – com opiniões totalmente diferentes - de um relacionamento; uma idéia simples, mas muito bem realizada. Undeadman – A Saga de um Imortal, a única série fixa da Quadrinhópole, está presente mais uma vez com Maldição Perpétua - Parte 4 de 4, de Leonardo Melo (roteiro) e André Caliman (arte), que continua a trágica história do imortal Jason de Ely e mostra suas lembranças do dia em que foi amaldiçoado com a vida eterna; destaque para a sempre competente arte de Caliman. Fechando a revista vem uma divertida história de uma página (colorida, na 3ª capa da publicação) de Jotacê, com roteiro e arte de Wellington Marçal.

A Quadrinhópole continua mantendo uma boa qualidade, tanto de conteúdo quanto de impressão, mas há alguns problemas que ainda incomodam os leitores mais exigentes: a falta de numeração de páginas (o pior é que o índice indica em que páginas começam as HQs...) e a “falta de sinalização” na entrevista, cujas partes (desta vez são três) estão espalhadas pela revista (um simples “continua na página tal” resolveria – por isso a necessidade da numeração de páginas).

 Veja também:

Lançamento de Quadrinhópole #5 e O Dinossauro do Amazonas na Gibiteca de Curitiba (PR)

Resenha: Quadrinhópole #4

Lançamento da Quadrinhópole #4 no HQ Mix 2007 (SP)

Resenha: Quadrinhópole #3

Quadrinhópole #3 e Avenida #1: lançamento conjunto em Curitiba (PR)

Resenha: Quadrinhópole #2

Quadrinhópole #2: promoção no show da banda Garotos Podres em Curitiba (PR)

Resenha: Quadrinhópole #1


Lançamento de Quadrinhópole #1 em Curitiba (PR)

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2019 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web