NewsLetter:
 
Pesquisa:

Morre Johnny Hart, criador da tira B.C.
Por Ruy Jobim Neto
10/04/2007

O premiado cartunista Johnny Hart, criador de um dos maiores clássicos da tira cômica americana, B.C. – que aparece atualmente em mais de 1300 jornais ao redor do mundo -, faleceu em sua casa, em Endicott (no Estado de Nova Iorque), no sábado (dia 07), aos 76 anos, de ataque cardíaco. Segundo sua esposa, Bobby, ele morreu sobre a sua prancheta. Povoada por homens da caverna e por dinossauros, B.C. foi lançada em 1958 e já fez mais de 100 milhões de leitores em todo o mundo, de acordo com a Creators Syndicate, que distribui a tira.
 
Após ter se formado na Union-Endicott High School, Johnny Hart conheceu Brant Parker, um jovem cartunista que se tornou a primeira influência e co-criador, ao lado de Hart, na tira cômica Wizard of Id (O Mago de Id), que se passa na Idade Média. Hart se alistou na Força Aérea e começou a produzir cartuns para a publicação Pacific Stars and Stripes. Ele vendeu o seu primeiro cartum freelance para o Saturday Evening Post depois de deixar a vida militar, em 1954.

Mais tarde, em sua carreira, alguns de seus cartuns abrangiam temas religiosos, reflexo de sua formação católica. Esse fato algumas vezes o levou a controvérsias. Uma tira publicada no Easter Sunday em 2001 acendeu protestos dentro de grupos judeus e fez com que vários jornais deixassem de publicar o material. O cartum mostrava um menorá (candelabro judeu) se transformando numa cruz cristã, acompanhada por texto que fazia citação às últimas palavras de Cristo. Os críticos disseram que implicava que o Cristianismo tomava o lugar do Judaísmo. Hart se defendeu dizendo que ele pretendia fazer um tributo a ambas as religiões.
 
Além de sua esposa, Johnny Hart deixou duas filhas, Patti e Perri. Ele nasceu em Endicott, a noroeste de Nova Iorque, e desenhava sua tira cômica B.C. num estúdio em casa, onde faleceu. O trio de cartunistas formado por Hart, Brant Parker e Bill Rechin se reunia em brainstorm para a criação de suas três tiras em conjunto: B.C., O Mago de Id e Crock e os Legionários. No Brasil, as tiras são publicadas pelo Jornal da Tarde, e a professora Sonia Luyten foi a primeira tradutora desse material. (com Associated Press)

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2019 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web