NewsLetter:
 
Pesquisa:

Nas bancas: Dragon Slayer #25
Por Fernando Fiorin
02/07/2009

E finalmente chega às bancas a revista Dragon Slayer, com a sua 25ª edição. E o que temos de novo nessa edição? Na verdade não muita coisa. "E por que eu deveria adquirir a revista?", pensa o sagaz internauta. Para começar o assunto da capa é um animê, "grande novidade" pode pensar o leitor, mas espere aí, o animê dessa vez é nada mais nada menos que o sanguinário Berserk, um tema que tem tudo a ver com RPG. Como os próprios autores da Dragon Slayer definem: “um brutamontes com uma espada gigante”. Além dessa adaptação eles trazem uma adaptação do desenho animado Transformers para o sistema D&T, mostrando que estão atentos aos lançamentos do cinema, e mais algumas matérias interessantes como a adaptação de Wolverine para D&T, D&D 3.5 e Mutantes & Malfeitores, a classe de prestígio Samurai Executor para D&D 3.5 e uma aventura pronta em que os jogadores enfrentarão o próprio Mestre Arsenal em pessoa, o principal vilão criado por Cassaro.

Alguma coisa ruim? Bem, eles aproveitam a chance que tem para cutucar outras mídias que trabalham com RPG. Primeiro os editores escrevem uma matéria negando que exista uma crise no mercado de RPG, fazendo entender que isso seria criação de blogueiros desocupados da Internet, mesmo a própria Devir afirmando que não faria o Encontro Internacional de RPG por causa da crise (como anunciamos aqui há pouco tempo). E depois um dos leitores da Dragon Slayer alfineta esse colunista que vos escreve chamando o Bigorna.net de Blog (eu imagino que nossos leitores saibam a diferença entre site e blog) e dizendo coisas ridículas que nem precisam ser mencionadas. Essa crítica toda se referindo a um trecho escrito na notícia do lançamento da Dragon Slayer #23. Criticas a parte, é visível o decaimento do nível visual da revista, com uma capa mais pobre em relação à interior e uma história em estilo mangá muito inferior às que estavam saindo anteriormente. E esperemos que da próxima vez que formos criticados por eles exista a hombridade da parte dos mesmos em dizer a quem estão acusando e mostrar a fonte da informação, ao invés de se esconderem atrás de insinuações e jocosidades. Isso mostraria maturidade da parte deles, o que seria um grande avanço.

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2020 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web