NewsLetter:
 
Pesquisa:

Joseph Luyten - luto nos quadrinhos
Por Alexandre Nagado
01/08/2006

Uma das pessoas mais queridas no meio dos quadrinhos nacionais não era um desenhista, roteirista, editor, ou mesmo especialista na área. Joseph Luyten, falecido no último dia 28, era marido da professora Sonia M. Bibe-Luyten, uma das maiores pesquisadoras sobre quadrinhos no Brasil e pioneira nos estudos sobre mangá. Nos meios acadêmicos, o professor Joseph Luyten era conhecido como a maior autoridade brasileira no campo da literatura de cordel, sua grande paixão. Renomado entre seus pares, lecionou no exterior, publicou trabalhos e era imensamente admirado. Professor catedrático da UNESCO, crítico de artes e autor de diversos livros, construiu sólida carreira como educador e intelectual. Mas, entre os profissionais de quadrinhos, ele era conhecido como o marido da Sonia Luyten e era muito querido por quem quer que tivesse tido a honra de conhecê-lo. Acompanhando a esposa nos eventos, logo se tornou amigo de muitos profissionais da área, esbanjando simpatia e bom humor.

Ele faleceu na quinta passada, vítima de ataque cardíaco, enquanto visitava um irmão em Minas Gerais. Ele já havia sofrido o primeiro derrame três anos atrás e estava com a saúde frágil. O sepultamento aconteceu na sexta, dia 28. Joseph Luyten tinha 65 anos e deixou esposa, três filhas, genros e três netas. E um grande legado profissional e pessoal.

A missa de sétimo dia será realizada no dia 3, conforme consta abaixo:

Local: Igreja Nossa Senhora de Fátima
Endereço: Av. Dr. Arnaldo, 1.831 (próximo ao metrô Sumaré) - zona oeste de São Paulo, capital
Dia: 3 de agosto (quinta-feira)
Horário: 9h

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2019 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web