NewsLetter:
 
Pesquisa:

Resenha: A História de Batman e os livros da coleção infanto-juvenil da Fundamento
Por Cadorno Teles
03/03/2009

No final dos anos 1930, dois rapazes contribuíram na criação de um arquétipo de personagem, que de seu aparecimento ao longo dos anos conquistou milhões de fãs pelo mundo todo. Era o ano de 1939, o desenhista Bob Kane, pseudônimo de Robert Kahn, e o escritor Bill Finger, levavam o Batman para a Detective Comics #27 e daí em diante foi um êxito total, que levaria o personagem e seus célebres antagonistas para uma trajetória impar que culminou numa carreira de sucesso em várias mídias, de seriado de TV, a desenhos animados, filmes e até mesmo criminosos do mundo real, como um certo miliciano carioca que se intitula Batman. Fora essa versão bizarra, o último filme com a marca Batman, fora agraciado com dois Oscars para Edição de Som e Ator Coadjuvante para o falecido Heath Ledger, que assombrou o mundo com o seu Coringa, arquiinimigo do homem-morcego.

Seguindo o caminho de diversas editoras pelo mundo, a Fundamento lança uma coleção infanto-juvenil, em formato livro, que apresenta o herói a uma nova geração que o conheceu nas telas de cinema e desenhos animados. Num texto simples, as aventuras de Batman pela Gotham City enfrentando e investigando os crimes de seus eternos inimigos, como Pingüim, Charada, Mulher-Gato, Coringa entre outros. Trazendo capítulos retirados de antigos Quadrinhos e da nova versão em desenho animado, a série inspira a garotada a ler e se dedicar a imaginação. Usando ilustrações tiradas da arte original da década de 1970, a série, que usa a Era de Prata como arcabouço, possui até agora cinco volumes que usa os traços de John Byrne e Rick Burchett e com textos de roteiristas como Devin Grayson que argumentou a série do Asa Noturna, Jason Hernandez-Rosenblatt, editor da DC Comics, Brian Augustyn e escritores Scott Petersen e Scott Ciancin. Já a que usa ilustrações da série animada, de página inteira, tem texto de Michael Anthony Sterle e arte de Jason Armstong, Mike Collins, Lee Loughridge e David Reach.

Os livros lançados são os seguintes: A História de Batman; O Crime da Imitação, onde o herói de Gotham enfrenta o enigmático Charada, que está por trás de um seqüestro; O Crime Felino, com a Mulher-Gato e seu plano de assaltar um museu; Gotham City Verde, onde a Hera Venenosa é a vilã da vez; e Chapeleiro Louco, o já conhecido vilão que dá o nome ao volume. Além desses, temos Gata Esperta, Congelante e O Livro dos Criminosos, que utiliza as novas versões para os personagens que Kane e Finger imaginaram há 70 anos. De todos, o mais interessante é O Livro dos Criminosos, que apresenta pequenas biografias destas novas versões. Um aviso: não são graphic novels, são livros de temática infanto-juvenil. Uma ótima pedida para a garotada.

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2020 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web