NewsLetter:
 
Pesquisa:

Scarlett, Rudá, curtas brasileiros... notícias importantes e outras nem tanto
Por Ruy Jobim Neto
03/02/2009

MORRE RUDÁ DE ANDRADE – Aos 78 anos, morre em São Paulo o homem de Cinema Rudá de Andrade, filho do escritor Oswald de Andrade (autor de O Rei da Vela) e da jornalista Patrícia Galvão, a "Pagu". A qualificação "homem de cinema" não é pouco – além dos pais muito especiais que teve, Rudá se criou na Europa, onde trabalhou com diretores italianos como Vittorio de Sica e Luigi Comencini, tornou-se pesquisador, professor de Cinema na USP (foi um dos criadores do Curso de Cinema da ECA, na década de 1960), fez parte do conselho curador da Cinemateca Brasileira e dirigiu dois documentários (Pagu e Renata). 

SCARLETT JOHANSSON – Mais uma da garota. Aos 24 aninhos, a atriz de Moça com o Brinco de Pérolas e Vicky Cristina Barcelona informou ao tablóide britânico Daily Mirror que adoraria ter 30 anos de idade, ou mais. Acreditando que aos 20 anos, uma atriz não ganhe papéis tão interessantes quanto atrizes mais velhas. Quem vê a filmografia da moça poderia dizer que ela está reclamando de barriga cheia. Mas é uma beldade, afinal. A gente desculpa.
 
BRASIL EM CLERMONT-FERRAND – O Brasil está representado por dois curtas-metragens, no 31º Festival Internacional de Clermont-Ferrand (que começou no dia 30 de janeiro e vai até o dia 7 de fevereiro). Os filmes são Os Sapatos de Aristeu, de Luiz René Guerra, e Tarabatara, de Júlia Zakia. O primeiro fala do enterro de um travesti, que a família pretende enterrar com roupas de homem. O segundo fala de uma família cigana no Nordeste brasileiro. Clermont-Ferrand é o principal festival de curtas-metragens do mundo, neste ano exibindo 75 filmes de 50 países. Vamos torcer.
 
NOVA BONNIE, NOVO CLYDE – Primeiro foi o grande filme de Arthur Penn, Bonnie e Clyde – Uma Rajada de Balas, em que Faye Dunaway dividia a cena com Warren Beatty. A obra virou clássico do cinema americano, em 1967. Agora é a atriz Hillary Duff (que também é cantora) que vai ser a nova Bonnie numa refilmagem dirigida por Tonya S. Holly. O novo Clyde será interpretado por Kevin Zegers (do filme Transamérica). Quem não achou graça na herdeira do papel foi Faye Dunaway, que não considera Hillary tão atriz assim.
 
HE-MAN VOLTARÁ À TELONA – O diretor de um dos filmes concorrentes ao Oscar 2009 de Melhor Filme de Animação, Kung Fu Panda, John Stevenson, vai dirigir, para a Warner (com produção de Joel Silver) uma nova versão cinematográfica de He-Man – Os Mestres do Universo. De brinquedo da Mattel para enorme sucesso da televisão, em desenhos animados nos anos 80, os personagens já tiveram uma versão com atores ao vivo (esta nova também será, a primeira do diretor Stevenson, inclusive) com Dolph Lundgren e Courtney Cox (de Friends) no elenco. Eles têm mesmo a força!
 
CÉDULAS PARA DECISÃO – Todos os 5800 membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood (lembremos que Hector Babenco também é membro, entre outros brasileiros) já receberam suas cédulas de votação para a escolha dos melhores filmes de 2009. Quando se fala 2009, é porque os filmes estrearam no território americano entre março e dezembro de 2008. Ah, bom! As cédulas, de papel, serão entregues até o dia 17 de fevereiro, bem em cima, portanto, da cerimônia de entrega (dia 22, domingo). Quem faz a contagem dos votos é a Price Waterhouse Coopers. Cada membro vota na categoria à qual pertence.
 
DIA DO OSCAR – Não custa lembrar, o dia da entrega do Oscar 2009, 22 de fevereiro, será também aniversário da atriz Débora Falabella, que completará três décadas de vida.
 
KATE E LEO, DE NOVO – Para os fãs de Kate Winslet, a moça tá vindo com tudo. Sim, há quem torça para que ela leve o Oscar por Foi Apenas Um Sonho (Revolutionary Road), o filme que estréia dia 30 no Brasil. Depois do sucesso mundial de 1997, Titanic, ela está de volta atuando ao lado de Leonardo di Caprio. O moço já comentou o quanto foi difícil fazer cenas de beijo com a moça diante do diretor, Sam Mendes (de Beleza Americana), isso porque Mendes e Kate são marido e mulher na vida real.
 
KATE, DE NOVO - Mas tudo bem. A moça tá bem na fita, ela até ganhou Globo de Ouro por Melhor Atriz neste papel (e coadjuvante em O Leitor). Está competindo com ela mesma no Bafta 2009! Meryl Streep foi quem levou o Screen Actors Guild Award, no último dia 25, por seu papel em Doubt (Dúvida), mas terá sido de consolação? Ganhará Kate finalmente o seu Oscar? Ela já concorreu por Razão e Sensibilidade.
 
QUEM TEM CRUISE VAI A ROMA – Na mesma noite (mas em lugares distintos) estavam em Roma o ator Tom Cruise e suas duas "ex", Nicole Kidman (com quem foi casado) e Penélope Cruz (com quem namorou quatro anos). Ele, promovendo o filme Operação Valquíria. O detalhe é que o moço, hoje casadíssimo com Katie Holmes, ficou no mesmo hotel romano em que se hospedava com Nicole e, depois, com Penélope. Romântico, o cara.
 
LULA POR FÁBIO BARRETO – As filmagens de Lula, o Filho do Brasil, do diretor Fábio Barreto, começaram dia 28, quarta-feira, nas dependências do Estádio da Vila Euclides, em São Bernardo do Campo. O filme, que segundo o diretor, não entrará na trajetória política recente do personagem e sim contará desde a infância em Pernambuco somente até à Presidência, é estrelado pelo ator Rui Ricardo Dias. Lula deverá chegar aos cinemas em janeiro de 2010, e está orçado em R$ 12,5 milhões. Fábio Barreto, para quem não lembra, é diretor de filmes como O Quatrilho (que concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro), Índia, a Filha do Sol e Paixão de Jacobina. Além de ser irmão do cineasta Bruno Barreto, claro.

LOS ABRAZOS ROTOS – O mais novo filme do espanhol Pedro Almodóvar, Los Abrazos Rotos (foto acima), está pronto. Espera-se que a fita, que tem Penélope Cruz no elenco, estréie no Festival de Cannes, em maio. Provavelmente chegará ao Brasil no segundo semestre de 2009.
 
BELA ADORMECIDA, 50 ANOS – Um clássico dos estúdios Disney acaba de completar meio século de sucesso. A Bela Adormecida, um dos filmes realizados pelos Nine Old Men (os nove maiores diretores de animação de Walt Disney e também de todos os tempos), foi lançado no mais novo formato, o Blue-Ray, em outubro último, com cópia restaurada, tendo a imagem Technirama em que foi rodado em 1959, cujas laterais desapareceram na cópia em VHS e depois, em DVD. O conto de Charles Perrault virou grande sucesso do estúdio e depois castelo nos parques Disney. O filme foi dirigido pelos animadores Clyde Geronimi, Hamilton Luske e Wilfred Jackson.
 
DANIEL BURMAN, NOVO FILME – O cineasta argentino Daniel Burman (de O Abraço Partido) tem o seu sexto longa metragem lançado em oito capitais brasileiras. Trata-se de Ninho Vazio (El Nido Vacío), com a atriz Cecília Roth no elenco. O filme é mais uma das famosas radiografias da classe média argentina, metiér no qual Burman e Lucrecia Martel (de O Pântano e A Menina Santa) são especialistas.
 
SEJAM MENOS TALENTOSOS – Nada contra, aliás. Tudo a favor. E das fábulas principalmente. Falando de Cinema Argentino, o professor, cineasta e roteirista Jean-Claude Bernardet respondeu maravilhosamente a uma pergunta de um jornalista sobre as diferenças entre Cinema Brasileiro, Europeu e Argentino. Ele falou que nosso cinema se distancia de todo o resto do Cinema Latino porque quer ser americano, quer ser muito técnico, certinho demais, e assim se esquece dos personagens, dos diálogos, dos roteiros e das histórias, que nosso Cinema se afasta porque se esquece de ser humano, humanizado. Bernardet continua que assim o Cinema Latino, em sua latente vida, aproxima-se mais do Cinema Europeu, pois ambos levam muito a sério a fábula a ser contada, com a humanidade necessária. O jornalista perguntou a Bernardet que conselho ele daria, então, aos cineastas brasileiros. Ele não teve dúvida e disparou: "Sejam menos talentosos". Está dado o recado.

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2020 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web