NewsLetter:
 
Pesquisa:

Entrevista: Paulo Anjos
Por Marcio Baraldi
19/03/2010

“Com uma lei de cotas e incentivo do governo o Quadrinho brasileiro seria viável!”

Paulo Anjos é um dos mais prolíficos fanzineiros do Brasil. Desde 1973 ele espalha seu principal  personagem, Benjamin Peppe, um surfista bicho-grilo, por fanzines e jornais pelo Brasil afora num frenético intercâmbio pelo correio. Agora, graças à editora Júpiter II, o personagem começa a estrelar seu próprio e merecido gibi independente. Com duas edições já lançadas e uma terceira a caminho, Paulo Anjos quer fazer de seu personagem um veículo para incentivar a garotada a praticar esportes e cuidar bem da Mãe Natureza, essa mesma que anda dando dolorosos puxões de orelha em seu filho imaturo, o Homem. Pra falar sobre isso e dar uma geral em sua carreira, o Bigorna.net pegou uma onda poderosa e invadiu a praia do cartunista-surfista. Sem farofadas, mas com muito bom humor. Abram sua cervas e arrumem um lugar na areia que é verão no Quadrinho Brasileiro!

Você criou o Benjamin Peppe quando você era um adolescente bicho grilo? Ele é seu alter-ego?

Sim, o Benjamin Peppe foi criado em 1973, para o jornal da escola onde eu estudava, com a turma de minha classe e do bairro do Limão (zona norte de São Paulo) onde eu morava. Nós bolamos o personagem baseado numa foto minha, pois eu era cabeludo e hippie. E aí foram surgindo outros personagens conforme eu ia criando as HQs. Os personagens de HQ costumam ser um retrato da época em que foram criados, mas para sobreviverem precisam se adaptar e acompanhar os tempos modernos como acontece com a turma do Benjamin Peppe, que adota o tema ecológico relacionado com os esportes saudáveis: Surf, Skate, Vôlei de Praia, Futebol, Natação, Bicicross, Basquete e Handebol. 

O Benjamin usa macacão de jeans, sandálias de couro, bandana no cabelo comprido. Ele é parente do Rolo, do Mauricio de Sousa (risos)? Você curtia o Rolo?

O Benjamin está sempre na moda, com macacão jeans boca de sino, sandálias de couro, bandana no cabelo, que em pleno século 21 voltou com força total, portanto ele está na moda (risos). É uma pena o Benjamin Peppe não ser parente do Rolo, pois assim ele poderia herdar uma grana do Mauricio (risos). Mas na minha época de moleque eu não me ligava na Turma da Mônica, eu curtia mais Homem-Aranha, Raio Negro (do Gedeone Malagola), super-heróis. O Rolo fui conhecer só mais tarde.

O Rolo se modernizou hoje em dia e já nem lembra mais o hippie do passado. E o Benjamin? Ele será o eterno hippie?

Paulo e o Mestre Mauricio de Sousa

O Rolo ficou muito legal modernizado. Eu já fiz vários esboços modernizando o Benjamin Peppe, mas ainda não usei estes desenhos. Mas nos últimos fanzines do Benjamin Peppe que lancei pedindo a colaboração e participação de desenhistas, eles mandaram bem e modernizaram o visual do Benjamin. O Adriano Sapão, Laerçon e William Rafael fizeram versões bem legais do personagem, o Adriano “Takamura” Pelaez também mandou muito bem fazendo o Benjamin no estilo mangá.

O Benjamin é o único personagem brasileiro surfista, né? Você conhece mais algum?

O Benjamin Peppe é um personagem praticante dos esportes (radicais) saudáveis, incluindo o Surf. Tempos atrás apareceu o personagem Agster num gibi nas bancas, inclusive no meio das HQs tinha muita propaganda de marcas famosas. Eram anúncios dentro das histórias.

E de onde veio essa ideia de fazê-lo surfista? Você surfa ou já surfou na vida?

Morei algum tempo em Peruíbe (litoral sul de SP) e na Bahia, e nas minhas férias estou sempre na praia. Eu adoro praia até hoje!!! Sempre tentei surfar, mas acabo pegando mais jacaré que surfar mesmo (risos).

Coincidência, eu também (risos). Mas você usa o personagem para incentivar a molecada a praticar esportes, né?

Pois é, através do Benjamin Peppe e sua Turma, eu procuro fazer a molecada se interessar por  esportes radicais saudáveis como Surf, Bodyboard, Skate, Bicicross, além dos tradicionais como Futsal, Natação, Vôlei de Praia, Basquete e Handebol.

O personagem também tem uma pegada ecológica, né? Fale um pouco disso.

O Benjamin Peppe é um personagem  relacionado com os esportes saudáveis que defende a ecologia e quer conscientizar  as pessoas para que preservem a natureza. Hoje vocês podem ver claramente como o Homem está destruindo a natureza e como ela está se revoltando contra o Homem. Então eu quero conscientizar as pessoas de que elas podem e devem conservar a natureza, para que todos vivam em harmonia com a Terra, sem poluição. Eu quero fazer deste personagem o símbolo da molecada consciente, quero ensiná-las a preservar a natureza e também que pratiquem todo tipo de esportes saudáveis, para que possam ter uma vida melhor no futuro.

Quantos personagens você tem ao todo? Dê uma geral nos principais.

No total são 19 personagens, que se revezam nas histórias, discutindo os problemas sociais, sempre com humor e um pouco de poesia. Mostro os personagens em suas casas, batendo papo nos barzinhos da moda ou na praia praticando esportes saudáveis, sempre falando a linguagem da juventude. Os personagens principais são: BENJAMIN PEPPE - Líder da turma, cheio de fantasias e imaginação, um cara que está sempre inventando um novo jeito de praticar esportes e se divertir com sua turma. E embora não se saia bem na maioria das vezes, com sua ironia acaba sempre fazendo piada dos acontecimentos; LUIZ - Instrutor de esportes. Convencido, se acha o máximo, porém está sempre junto com a turma, caindo na real; ROMEU - Romântico, bom coração; MIGUEL - O bom amigo, que por ser desorganizado e esquecido, coloca sempre a turma em fria; DIANA - A conselheira, embora seja muito boa amiga, não deixa de ser desconfiada, ciumenta e sempre de olho no seu namorado Benjamin; LYSA - A Top Model sensual que quer ser estrela de cinema, mesmo com seus protestos femininos e com suas fantasias complicadas; TIA LILY - Que apesar de conservadora, participa com bom humor das aventuras da turma; BADBAD, MONIQUE, MAUMAU e MALVINA - São dois casais de namorados que adoram fazer maldades e trapacear nos esportes, mas nunca conseguem chegar às finais das competições como vencedores. E além deles, ainda tem o PHELIPE, HERMAN, HALL, VANILLA, OLIVIA, SANDY, BELL e LUCI.

Quantos fanzines e gibis independentes o Benjamin já estrelou? E em quantos fanzines de outros autores ele já apareceu?

Fanzine do personagem Benjamin Peppe

Ele já teve até o momento onze fanzines independentes e um gibi próprio pela editora Júpiter II. Agora está saindo o número 2 pela Júpiter e já estou fazendo as HQs e tiras para o número 3. Ele ainda participou de duas edições do Patacoada, um gibi coletânea de vários autores, de dez fanzines e dezoito jornais brasileiros e dois jornais internacionais (Portugal e Espanha). Além de vários fanzines de Portugal, Espanha, Itália, Cuba e América Latina em geral.

Você conhece os projetos de Lei do Quadrinho Nacional, dos deputados Simplício Mário e Vicentinho (ambos PT)? Você considera que um projeto desses é viável?

Sim. Acredito que com uma lei de cotas e incentivo do Governo a situação seria ótima e viável para nós quadrinhistas, tanto para publicação de gibis como de tiras em jornais. Mas a lei precisa estar voltada não só para a produção, mas também para a distribuição e divulgação do Quadrinho Brasileiro. Na minha opinião é isso que falta pro Quadrinho Nacional realmente ir pra frente e virar uma Indústria rentável.

Então, os grandes problemas do Quadrinho Nacional são...

Falta de espaço para publicar!!! E o maior problema é a distribuição e divulgação para se fazer chegar às mãos de mais leitores de Quadrinhos!

Quais são seus autores e gibis preferidos, aqueles que você levará para a tumba, ou melhor, para seu mausolé na praia (risos)?

Meus autores preferidos são Osvaldo Talo, Shimamoto e Laerçon. Meus gibis preferidos são Homem-Aranha, Capitão Marvel (o Billy Batson), Raio Negro (de Gedeone ), o fanzine Q.I. (de Edgard Guimarães) e Roko-Loko & Adrina-Lina. Este, aliás, eu tenho autografado pelo autor (risos).

Mais um puxa saco (risos)!!! E se o gênio Shazam te concedesse três desejos, quais seriam eles?
 
O primeiro: que o Marcio Baraldi fizesse uma tira ou HQ de uma página com o Benjamin Peppe (risos). Segundo: que com a lei de incentivo à cultura, alguma produtora realizasse um desenho animado com o Benjamin Peppe, além dos personagens de outros autores. Terceiro: que a produção, distribuição e divulgação do Quadrinho Nacional cresça e se desenvolva muuuiiiiiiito mais!!!

Deixe um recado final para o bronzeado público lagartixando na areia.
 

Revista Benjamin Peppe #1

O sol nasceu pra todos! Viva os seus sonhos: faça muita HQ, desenhe, escreva, passeie. Atinja seus ideais. Não desista nunca. Mesmo que algo o force a parar no meio do caminho, prossiga sempre! Tenha fé, que o dia de amanhã pertence a Deus e Ele com certeza te transformará em um vitorioso cheio de alegrias por não desistir. O tempo não para e eu acredito que existe a vida eterna do espírito. Aqui na Terra temos que cuidar também do nosso lado espiritual para que seja fortalecido o nosso lado material. Obrigado! A todos vocês abraços! E bons jacarés a todooooossssss (risos)!!!!...

Peraí que eu também vouuuuuuu!...TCHIBBUMMMMMM!!!!... Gub, gub, gub, gub...

O Bigorna.net agradece a Paulo Anjos pela entrevista, realizada no dia 14 de março de 2010

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2017 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web