NewsLetter:
 
Pesquisa:

Desenhos animados e Quadrinhos: personagens que inspiram bandas
Por Pedro de Luna
03/11/2006

 

O desenho Corrida Maluca foi a inspiração para o nome de quatro bandas brasileiras


O músico, se encarado como um artista, interage e se influencia por outras expressões de arte, sobretudo da chamada “cultura pop”. No caso das bandas de rock, as Histórias em Quadrinhos – e por conseqüência os desenhos animados - sempre estiveram presentes. Seja no contexto visual, nos temas das canções ou no próprio nome dos grupos. É impossível, por exemplo, não imaginar que os Ramones, onde cada músico adotou o sobrenome fictício “Ramone”, como uma espécie de Quarteto Fantástico, uma super banda com o poder de despertar paixões e estourar tímpanos.

Neste artigo, listei algumas bandas nacionais inspiradas pelo mundo das HQs e dos personagens da TV. O campeão de influências é o desenho animado Corrida Maluca, que inspirou quatro bandas: Penélope, Peter Perfeito, Barão Vermelho e Irmãos Rocha. Se você ainda não conhece, taí uma boa oportunidade inclusive de ouvir o som e ver o show. Let’s go...

Banzé – Banda paulistana que tem ótimo disco lançado pela Inker Squat/Mondo 77, tem o mesmo nome do cachorrinho do desenho A Dama e o Vagabundo.

Barão Vermelho – A banda de Frejat, Cazuza e companhia se inspirou no herói voador da Corrida Maluca.

Capetão América – Grupo formado em Juiz de Fora (MG) que faz um trocadilho com Capeta e Capitão América, personagem criado para fazer propaganda nacionalista americana. Existe também uma banca cover chamada Capitão America.

Charlie Brown Jr – Como não colocar eles na lista? Uma homenagem ao lesado dono do cachorro Snoopy, o digníssimo Charlie Brown. Ó puxa...

Curinga – Coringa, o famoso vilão do Batman, um dos preferidos do guitarrista da banda, o hoje jornalista e ainda leitor frenético de Quadrinhos André Mansur. Agitou a cena under nos anos 1990, sobretudo em São Gonçalo (Rio de Janeiro).

Irmãos Rocha – Ótimo grupo gaúcho com CD lançado pela Monstro Discos, cujo nome vem do desenho animado Corrida Maluca. Os Irmãos Rocha são aqueles homens da caverna que ficavam dando porretadas um na cabeça do outro. Lembrou?

Jone Brabo (baseado em Johnny Bravo) – Pseudônimo do carioca Roberto Redler, vocalista da banda homônima. Faz um rock visceral, apresenta um programa de TV num canal local e faz aparições esporádicas no programa Zorra Total, da TV Globo, ao lado do seu inseparável anão.

Mickey Junkies – Outra banda que já sumiu da terra. Sacudia o interior de SP nos anos 1990 com seu hardcore monstruoso. O nome sugere algo como os ratos da Disney viciados em drogas pesadas.

Millhouse – Quando Os Simpsons chegaram ao Brasil, o sucesso foi imediato. A ponto de surgir uma banda no Rio, na década passada, homenageando o amigo nerd do Bart.

Muzzarelas – Banda (ainda) ativa na cidade de Campinas (SP), inspirada no desenho de uma  família romana muito engraçada. Lançou alguns CDs e seu vocalista atende pelo nome artístico de ET. Bem apropriado...

Os Impossíveis – Banda ainda em atividade formada em Campo Grande (MS). Usa não só o nome, mas também o desenho do trio de super-heróis criado pela dupla Hanna-Barbera no seu material de divulgação.

Penélope – Banda baiana dos anos 1990 que chegou a ter grande projeção nacional pela Sony, inspirou-se na Penélope Charmosa do desenho animado Corrida Maluca. Hoje em dia, a vocalista Erika Brandão faz carreira com a banda Telecats.

Peter Perfeito – Banda brasiliense da década de 1980 – quando contava com o falecido músico e produtor Tom Capone – teve o nome inspirado no galã da Corrida Maluca.

Pipusquack Fujão – Espécie de galinha exótica que apareceu num determinado episódio de Tom & Jerry no safári. Como o desenho passava a toda hora, tornou-se célebre e inspirou esta extinta banda carioca de hardcore dos anos 1990.

Poindexter – Quem já assistiu a algum episódio do Gato Félix vai responder na lata: “é gênio, sobrinho do Professor, o vilão principal”. Mas também uma conhecida banda carioca de rapcore dos anos 1990, que chegou a lançar demos e CDs, e cujos integrantes adoravam ler HQs.

Piu Piu e sua Banda – Outra banda que não está mais na ativa, mas fez história no underground carioca na década passada. Seu líder, Rogério “Piu Piu” era a cara cuspida e escarrada do passarinho amarelo que atormenta o gato Frajola. Chegou a lançar um CD, hoje raríssimo.

Speedy Gonzales – Surgiu em Volta Redonda nos anos 1990 tocando um hardcore ligeirinho, em homenagem ao ultraveloz ratinho mexicano dos desenhos animados.

Surfista Prateado – Excelente banda carioca, da qual ouvi boas demos. Não sei do paradeiro, mas foi inspirada no personagem da Marvel que surfa pelo universo.

The Calvins – Falecida banda carioca dos anos 1990 inspirada, claro, no adorável garoto que vivia no mundo da imaginação ao lado do seu tigre Haroldo. O criador, Bill Watterson, não o desenha mais.

Posso ter esquecido de algumas, mas se ficássemos aqui fazendo a lista, o artigo nunca iria ao ar. O tema é rico e, ainda que não tenham Quadrinhos no nome, muitas bandas se inspiram na Nona Arte. Quem, por exemplo, não associa a banda Mukeka di Rato ao personagem Níquel Náusea, o rato azul de Fernando Gonsales? E do selo Urubuz Records, que utiliza o inimigo do Pica Pau? O que dizer de bandas como Moebius, que reverencia o gênio francês das bandes dessinées utilizando do seu próprio nome? Ou do Ultramen, grupo gaúcho que se apropriou do herói japonês? Dá pra negar que o Kiss ou o Man or Astroman são bandas que parecem ter saído de páginas de Quadrinhos?

Quem Somos | Publicidade | Fale Conosco
Copyright © 2005-2014 - Bigorna.net - Todos os direitos reservados
CMS por Projetos Web